Notícias

Goretti Reis traz para Alese palestra sobre a importância e a legalidade da atuação dos peritos oficiais em Sergipe

6 de junho de 2018 às 14:43

Por iniciativa da presidente da Frente Parlamentar em defesa da Mulher e procuradora da Mulher na Alese, deputada estadual Goretti Reis, na manhã de hoje, 6 de junho, aconteceu na Assembleia Legislativa palestra sobre: Atuação dos Peritos Oficiais de Sergipe. O tema foi abordado pelos presidentes da Associação Brasileira de Criminalista (ABC), Leandro Cerqueira e do Sindicato dos Peritos Oficiais de Sergipe (Sinpose), Carlos Eduardo Araújo de Oliveira que na ocasião explicou que exame de corpo de delito e outras perícias serão realizados por perito oficial portador de diploma de curso superior.

O evento contou com a participação de diversos peritos, entre eles a diretora do Sinpose, Thayse Freitas Xavier de Jesus, o coordenador geral de Perícias, Moisés de Oliveira Chagas, o diretor do Instituto de Criminalística, Nestor Joaquim de Gois Barros, a delegada de polícia, Meire Mansuet, a enfermeira forense, Zenaide Cavalcanti e a conselheira da Abenforense, Luciana Martins.

A iniciativa de Goretti foi elogiada pelos participantes. “Parabenizo a deputada e agradeço a oportunidade de expor a situação da perícia no Brasil e em Sergipe. É uma atividade muito importante na persecução penal nesse momento de grande violência e sentimento de impunidade. É preciso falar sobre a importância da perícia ser desvinculada da Polícia Civil, já que a mesma é um órgão que fará a acusação e apresentação ao Ministério Público buscando a condenação”, pontou o presidente da ABC.

O presidente do Sinpose apresentou o Manual de Requisições da perícia Oficial lançado no dia 4 de junho com o reconhecimento da Secretaria da Segurança de Sergipe, o que segundo Carlos valida o manual. “Esse material possibilita uma visão geral das atividades periciais desenvolvidas em Sergipe. Não é fácil chegar a esse cargo e não se chega a ele por estar desempregado e sim por porque primamos pela qualidade de uma investigação e só pedimos respeito para esses profissionais. Hoje nossa perícia não possui autonomia financeira, falta de pessoal, embora tenhamos pessoas aprovadas em concurso aguardando nomeação. Infelizmente em Sergipe temos o pior salário do Brasil. Espero contar com o apoio dessa Casa em defesa dos nossos direitos”, explicou Carlos que fez questão de elogiar e agradecer a Goretti. “Obrigado deputada pelo apoio de sempre e por entender nossa situação e permitir que falássemos nessa Casa”, disse Carlos.

Citando os participantes Goretti agradeceu a todos. “Muito bom ter participado desse momento e mostrar para a sociedade a atuação dos peritos. Uma manhã importante e produtiva. Trazer vocês a essa Casa, a Casa das leis. Não estamos aqui desfazendo de nenhuma categoria. Respeito todos. Aproveito para solicitar que no próximo concurso também sejam criadas vagas para enfermeiros forenses. A união é necessária para que se tenha êxito nas atividades e a sociedade seja beneficiada , mas é preciso respeitar os limites de cada atividade. Acredito que teremos bons resultados quanto as reivindicações feitas por vocês”, finalizou Goretti.